Por que escolas bilíngues são tão caras?

//Por que escolas bilíngues são tão caras?

Por que escolas bilíngues são tão caras?

O método atual de ensino de inglês nas escolas, praticado há décadas no Brasil, já provou sua ineficiência. Já falei sobre este assunto neste outro texto.

Cientes deste fato, a partir da década de 90, muitos pais passaram a matricular seus filhos em escolas de idiomas com o objetivo de suprir esta deficiência. Apesar de muitas crianças e adolescentes aprenderem regras gramaticais e ampliarem seu vocabulário, as metodologias utilizadas durante os anos também mostraram-se ineficientes, pois focavam muito em teoria e pouco na prática. O resultado foram jovens reprovados em entrevistas de emprego ou em vagas de universidades no exterior devido à incapacidade de comunicarem-se com fluência. Exames de proficiência como TOEFL ou IELTS foram responsáveis por afundar a esperança de muitos aspirantes a experiências no exterior.

E estes jovens que passaram por esta experiência tiveram de correr atrás do prejuízo já na idade adulta, matriculando-se em escolas de idiomas que utilizavam novos conceitos de aprendizado, focado na conversação em pequenos grupos e aparatos tecnológicos. Daí o sucesso de redes como Wizard e Wise up.

sproutly-interactive-board

Interactive boards exigem alto investimento pelas escolas

Os outrora jovens – e agora pais – não desejam que seus filhos passem pela mesma experiência e, por isso, buscam melhores opções. Então conhecem as escolas bilíngues, as quais, quando sérias e competentes, comprovadamente asseguram o aprendizado do inglês de maneira clara, fluente e sem sotaques (caso a introdução ocorra de maneira prematura, conforme já mencionei).

A surpresa chega quando eles têm acesso aos preços praticados. Em período integral, a base é de R$2 mil mensais, com escolas chegando a ultrapassar a barreira dos R$7 mil. Se em momentos de economia estabilizada estes preços já são considerados caros para a classe média, imagine no momento atual, de incertezas políticas e recessão.

Mas por que as escolas bilíngues são tão caras?

Alta capacitação de professores

Quando mencionei os altos níveis de reprovação nos exames de proficiência, infelizmente eles também servem para reprovar professores de inglês, por mais antagônico que isto soe. Professores de educação bilíngue precisam aliar uma boa formação no idioma (geralmente são provenientes de graduação em Letras, nativos ou com vivência em países de língua inglesa), além de serem formados em Pedagogia. Aliar estes pré-requisitos restringe as opções de contratação em um mercado que cresce rapidamente, de forma que os salários são acima da média nacional.

O ensino bilíngue ainda é elitista

Conforme citei no parágrafo anterior, a procura por escolas bilíngues tem crescido nos anos recentes e esta demanda inicialmente partiu das classes mais abastadas da sociedade, como uma alternativa para escolas internacionais.

Este status ainda gera uma alta demanda das destas classes, impedindo que preços sejam mais acessíveis.

Estrutura e ROI (Retorno de Investimento)

O investimento necessário para estruturar um programa bilíngue é alto, pois são necessários professores e funcionários capacitados em todas as disciplinas. Além do mais, a localização destas escolas requer alto investimento em imóveis em bons pontos comerciais. A utilização de material didático importado e a necessidade de aparatos de auxílio tecnológico (computadores, tablets, telas interativas em salas de aula e licenças de software) também influenciam diretamente na precificação.

Foi para promover uma alternativa e este cenário atual que o Sproutly nasceu, ao possibilitar que pais com um nível ao menos intermediário em Inglês construam um ambiente bilíngue em suas casas e, da mesma forma, auxiliar aqueles que têm condições de matricular seus filhos em escolas internacionais ou bilíngues em sua busca pelas melhores opções disponíveis.

By |2018-11-23T13:15:47+00:00janeiro 6th, 2016|Orientações|0 Comentários

About the Author:

Deixar Um Comentário

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.