12: O ensino do português em escola bilíngue americana

Você sabia que existem escolas públicas com currículo bilíngue inglês/português nos Estados Unidos? Patricia Freitas, professora formada em Letras e que trabalhou por quinze anos em escolas bilíngues em São Paulo, leciona em língua portuguesa desde 2014 em uma escola pública bilíngue americana no estado de Utah. Saiba mais sobre essa experiência neste episódio do Sproutly Podcast.

Transcrição da dúvida da semana:

Ouvinte Mariana: meu nome é Mariana, eu moro no exterior, onde tive uma filha, que hoje está com 13 anos. Eu falo português com ela na maioria do tempo. Ela sabe falar português, mas comete muitos errinhos simples como conjugação de verbos. Estou na dúvida se eu devo corrigi-la ou não. Tenho medo de ficar chamando a atenção dela e ela ficar inibida. O que vocês sugerem que eu faça?

Resposta: Oi Mariana, obrigada por enviar a sua dúvida. O caso da sua filha é muito comum. Muitas crianças que nascem no exterior apresentam sotaque e cometem pequenos erros na língua falada pelos pais. Se você está incomodada e acha que isso está atrapalhando a comunicação e o sentido do que ela quer dizer, a nossa orientação é que você coloque na balança as vantagens e as desvantagens de corrigi-la. Muito tem a ver com a personalidade dela e em como ela vai receber o seu feedback. Algumas crianças ficam nervosas e desmotivadas, sentem-se envergonhadas, e isso pode fazer com que elas evitem falar o segundo idioma, já que não quer cometer erros.

Se a sua filha for uma pessoa que recebe bem críticas construtivas, então vale a pena ter uma conversa com ela e explicar que você vai oferecer feedback para ajudá-la a melhorar. Cuide da forma como vai corrigi-la. Normalmente o mais indicado é que isso ocorra entre vocês e nunca em público. No entanto, caso seja preciso fazê-lo perante outras pessoas, não seja direta na forma. O mais indicado é que você repita o que ela disse, só que da maneira correta. Por exemplo, se ela disser “eu vai no cinema hoje”, você pode, com naturalidade, repetir “eu também VOU AO cinema hoje”. Assim, ela vai perceber o erro e, com seu feedback, vai poder corrigi-lo.

Nesse caso, você vai precisar monitorar as reações dela quando isso acontecer e ajustar a sua postura de acordo com a forma como ela lida com as suas correções. Sensibilidade é chave nessa situação.

Boa sorte! Depois mande-nos um email contando como tem sido sua experiência.

By |2018-11-23T13:15:46+00:00abril 26th, 2016|Podcast|0 Comentários

About the Author:

Deixar Um Comentário

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.