Vygotsky e o ensino de um novo idioma: da teoria à prática

As ideias de Vygotsky são amplamente difundidas no meio de educação e sua influência permeia vários aspectos da Pedagogia. Sua contribuição para a elaboração de abordagens construtivistas e sócio-construtivistas é extensa e profunda, e o principal preceito é que o professor deve construir junto com o aluno novos conhecimento baseados no que ele – o aprendiz – já sabe. Assim, a Educação, de acordo com esse conceito, deve levar em consideração o que o aluno já conhece, seus pontos fortes e áreas de interesse como ponto de partida para o ensino. Pensando na aprendizagem de um novo idioma, o professor deve levar em consideração conhecimentos que o aluno já possui a respeito do sistema linguístico de seu primeiro idioma. Além disso, interações interpessoais, mentoria e assistência também são componentes essenciais nesse processo. Três conceitos importantes nesse sentido são: Zone of Proximal Development, Scaffolding e Approximation. Os termos em português são: Zona de Desenvolvimento Proximal, Scaffolding (não há uma tradução para esse termo em português), e Aproximação. A seguir, discutiremos cada um deles e sua relação com o ensino e aprendizagem de um novo idioma.

Zone of Proximal Development (ZPD) – é a distância existente entre o estágio de desenvolvimento atual do aprendiz e o potencial que pode ser atingido por ele por meio da ajuda e colaboração com outros indivíduos. Em outras palavras, é o gap entre o que o aluno consegue desenvolver e realizar sozinho e o que ele consegue alcançar com a ajuda de outras pessoas, normalmente mais habilidosas e treinadas, como professores, pais, irmãos mais velhos ou colegas. Um professor pode determinar o ZPD de um aluno ao analisar suas produções escritas, artísticas e suas ideias e hipóteses sobre o conteúdo apresentado em sala de aula. No caso de um idioma, o professor avalia o que o aluno já sabe e o quanto ele consegue utilizá-lo em diferentes contextos.

Scaffolding – scaffold, em português, significa ‘andaime’ , literalmente. Isso nos remete à ideia de uma estrutura sólida ao redor de uma construção, que dá apoio a uma nova estrutura em progresso e que é retirada assim que a construção está solidificada. Scaffolding é uma estrutura de apoio à aprendizagem que é removida assim que o conhecimento desejado é alcançado. O professor, ou um indivíduo mais qualificado, deve guiar e oferecer recursos para que o aprendiz construa seu conhecimento a partir do que ele já sabe ao observar, trocar ideias e receber auxílio de alguém mais experiente e talentoso, consegue evoluir, desenvolver-se e atingir níveis mais avançados de conhecimento. Automaticamente, aos poucos, o aluno adquire independência e exerce atividades mais complexas com autonomia. Ao remover o suporte oferecido pelo ‘scaffold’, o professor delega mais e mais responsabilidade ao aluno no processo de ensino e aprendizagem. No ensino de idioma, especificamente, isso significa que, durante o processo de scaffold, o professor oferece instrução diferenciada e vocabulário adaptados ao aluno que precisa de ajuda, e, aos poucos, ao perceber que ele começa a caminhar com mais segurança e auto-governança, deixa de modificar a instrução, fazendo com que o aluno foque na aprendizagem de conceitos mais complexos e não somente nos aspectos básicos do conteúdo.

Aproximação – o processo de aproximação é um recurso utilizado pelo aprendiz durante o processo de aprendizagem, no qual ele imita um modelo, ou seja, reproduz os gestos, comportamentos, atitudes, palavras e tom de voz do seu modelo. No caso do ensino de línguas, a aproximação ocorre quando o indivíduo iniciante, ou menos habilidoso, tem a oportunidade de observar outro indivíduo mais proficiente do que ele – o processo de aprendizagem começa, portanto, com a imitação, e, no caso de um idioma, elementos linguísticos e não linguísticos estão diretamente envolvidos. A aproximação também depende de oportunidades para uso autêntico da língua nas quais o aprendiz será estimulado a usá-la como um todo, e não em fragmentos. Isso quer dizer que a abordagem do ensino de um idioma deve proporcionar experiências completas, que envolvam todas as habilidades (reading, writing, listening e speaking), evitando separá-las. Uma estratégia muito eficaz nesse sentido é o uso de projetos que envolvam as habilidades da escuta, da oralidade, da escrita e da leitura de forma integrada e que promovam oportunidades em que os aprendizes terão de solucionar problemas. Outra forma de trabalho que resulta em desenvolvimento do segundo idioma é o Collaborative Learning (leia mais sobre assunto clicando aqui), que oferece inúmeras oportunidades para os aprendizes desenvolverem habilidades ao mesmo tempo em que aprendem a língua.

O que isso significa na prática dentro da sala de aula bilíngue?

Para maximizar a experiência durante a aprendizagem de um idioma, o professor deve promover atividades que encorajem a exploração, a troca de ideias, hipóteses e experiências entre os alunos e oportunidades para que haja socialização. Abaixo estão algumas maneiras de você incorporar os conceitos de Vygotsky no seu planejamento e no seu dia a dia.

1 – Roda

Reserve um espaço na sua sala onde poderá se sentar com alunos em uma roda – pode ser sentado no chão ou na cadeira. Esse formato permite que todos os membros do grupo façam contato visual uns com os outros, além de colocá-los num mesmo patamar (o professor não está na frente da sala, nem as crianças estão sentadas em carteiras enfileiradas umas atrás das outras). Crie um momento na sua rotina diária para se encontrar com as crianças nesse espaço, que pode ser usado para uma conversa em grupo, uma explicação de uma atividade, uma experiência, uma troca de ideias, um momento de leitura etc. A roda pode ser aproveitada não só para estimular a socialização entre os alunos, como também para oferecer modelos ao aluno.

2 – Centros de aprendizagem

Os alunos devem trabalhar em centros de aprendizagem – reserve um canto para a leitura, um canto para a escrita, um lugar para a matemática, outro para jogos, e assim por diante. A ideia é estimular a troca de experiências e conhecimento entre as crianças, favorecendo a construção do conhecimento através de situações em que ocorra scaffolding, bem como uma ativação da ZPD (Zone of Proximal Development, ou, Zona de Desenvolvimento Proximal). Lembre-se que, na concepção de Vygotsky, a socialização é ferramenta essencial para que haja sucesso na aprendizagem.

3 – Exploração

As crianças se beneficiam das experiências em que a exploração é estimulada – pode ser a exploração de materiais, da escrita, das artes, do corpo, da música. Ao ativar os sentidos e provocar vivências multi-sensoriais é muito mais provável que você consiga engajar os alunos no processo de aprendizagem, fazendo com que eles aprendam de forma natural, espontânea e fluida.

4 – Modelo

Seja você mesmo um modelo para os alunos ou forneça outros. Lembre-se que, de acordo com as ideias Vygotskyanas, a aprendizagem ocorre a partir da imitação. Tenha isso em mente e use a criatividade! Tenha intensão na sua prática.

Aproveite essas informações para proporcionar uma experiência positiva e maximizar as oportunidades de aprendizagem do seu aluno! Boa sorte!

By |2018-11-23T13:15:45+00:00maio 13th, 2016|Fundamentos|0 Comentários

About the Author:

Deixar Um Comentário

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.