Todo início de ano letivo pode gerar ansiedade e incertezas nos pais, alunos e professores. Nas escolas bilíngues, o desafio pode ser ainda maior, já que a introdução de um segundo idioma gera uma série de expectativas e sentimentos específicos. A escola deve estar preparada para gerenciar o momento em que o segundo idioma é introduzido na sala de aula. Pensando nos desafios enfrentados pelos educadores bilíngues, preparamos um guia para ajudar a gerenciar a introdução do segundo idioma. Afinal, agosto é o mês em que muitas escolas recebem alunos novos e dão início ao ano letivo referente ao segundo idioma.

1. Conheça seus alunos

Faça uma pesquisa sobre quem são, de onde vieram, que idiomas conhecem, quem são seus pais e irmãos e tente obter algumas informações sobre experiências escolares passadas. Isso pode ser feito através de um breve questionário enviado aos pais no primeiro dia de aula ou uma conversa rápida com os próprios alunos, dependendo da idade. Isso vai te fornecer informações importantes sobre o contexto em que você atuará durante o ano letivo.

2. Comece devagar

Não crie grandes expectativas sobre a comunicação com a criança bilíngue no segundo idioma logo no início. É possível que muitos alunos estejam entrando em contato com a língua pela primeira vez e que, portanto, não possuem muitos recursos para se comunicar. Ao recepcioná-los, por exemplo, sorria e use um cumprimento simples. A comunicação corporal nesse momento é mais importante do que a verbal. Logo nos primeiros dias, ensine palavras básicas, como “banheiro”, “sede”, “fome”, “dor”, que vão te ajudar a compreender necessidades básicas no primeiro momento. Se possível, tente aprender as mesmas palavras no idioma do aluno, assim a comunicação poderá ser feita em duas mãos. Aos poucos, comece a introduzir palavras novas e desenvolver expressões cada vez mais completas e complexas. Além de útil, essa estratégia ajuda a criar um importante laço entre o professor e o aluno, e oferece oportunidades para que a criança imite o que está sendo dito no segundo idioma.

3. Duplique as mensagens

Procure repetir cada mensagem comunicada pelo menos duas vezes usando palavras e frases simples. Ao mesmo tempo, use e abuse das expressões corporais – faça gestos, mímica e, sempre que possível, faça uma demonstração do que é esperado que criança faça. Por exemplo, se é hora de guardar os materiais e lavar as mãos para o lanche, fale de forma pausada o que deve ser feito e simultaneamente faça os movimentos de guardar os materiais e lavar as mãos para facilitar a compreensão dos alunos.

4. Repetição é importante

Quanto mais vezes a criança for exposta a uma palavra, expressão ou conteúdo, mais oportunidades ela terá de aprendê-los. Repetir palavras em contextos diferentes também ajuda o aluno a compreender as diferentes maneiras como a palavra ou expressão podem ser empregadas.

5. Fale sobre o aqui e o agora

Evite contextualizar as aulas usando assuntos e fatos do passado ou do futuro neste primeiro momento. É importante focar em fatos concretos e presentes, pois isso ajuda o aprendiz a acompanhar o que está sendo discutido. Ao restringir o contexto a algo que pode ser visualizado ou que é real, o professor estará aumentando as chances de sucesso da comunicação.

6. Expandir e estender

O professor deve iniciar um processo de expansão e extensão da comunicação ao perceber que o aluno está confortável com o nível de discussão desenvolvido. É essencial ressaltar que o educador deve promover o desenvolvimento da segunda língua a partir do que a criança já sabe. Assim, o aprendizado do segundo idioma deve funcionar como uma construção, onde um bloco é colocado sob o outro e assim por diante, até que a construção esteja sólida ao ser concluída.

7. Mantenha a expectativa alta

À medida em que o professor vai conhecendo o aluno, ele deve ajustar as expectativas com relação a seu progresso. É comum que a criança se acomode num determinado estágio do desenvolvimento da segunda língua – portanto, o professor, além de entender onde cada aprendiz se encontra dentro da jornada do bilinguismo, também poderá auxiliá-lo na passagem para a próxima etapa. Elogiar o aluno e trabalhar com a sua auto-confiança são maneiras de fazê-lo acreditar em si e, dessa forma, permanecer motivado no processo de aprendizagem de um segundo idioma.

8. Ajustes

Ajuste a forma de se comunicar com cada aluno, compreendendo e respeitando suas características individuais. Essa pode ser uma tarefa trabalhosa, mas ajuda muito no dia a dia na sala de aula. Enquanto alguns alunos podem encontrar-se em estágios mais avançados da aprendizagem do segundo idioma, é possível (e muito provável) que outros ainda estejam em etapas menos desenvolvidas. Esteja aberto para entender as necessidades de cada criança, endereçando e ajustando individualmente a comunicação no segundo idioma.

9. Variedade na abordagem

Quando se trata de aprendizagem, seja ela de qualquer natureza, é importante considerar as inclinações e preferências de cada aluno. Cada indivíduo aprende e se desenvolve de uma maneira diferente, pois apresenta interesses, aptidões e experiências diversas – por isso é importante utilizar variadas abordagens no ensino do segundo idioma. Quanto maior o número de recursos utilizados na sala de aula, maiores as oportunidades de aprendizagem. Faça uso de murais, desenhos, mímicas, gestos, músicas, objetos… enfim, tudo o que puder proporcionar experiências para o aluno.

Aproveite para implementar essas dicas na sua sala de aula. Compartilhe se gostou, ou deixe o seu comentário.

Source: Tabors, P. O. (1997). One Child, Two Languages. Baltimore, Maryland: Paul H. Brookes Publishing Co.

By |2018-11-23T13:15:45+00:00julho 23rd, 2016|Fundamentos, Orientações, Sem categoria|0 Comentários

About the Author:

Deixar Um Comentário

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.